Estava ali um homem enfermo havia trinta e oito anos.  Vendo-o deitado e sabendo que já havia muito tempo que estava enfermo, perguntou-lhe Jesus: Queres ficar curado? O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho ninguém que me ponha no tanque, quando a água é agitada; enquanto vou, já outro desceu antes de mim. Ordenou-lhe Jesus: Levanta-te, toma o teu leito e anda. (Jo 5; 5-8) 


Jesus vai ao encontro daquele que precisa ser curado, se havia uma esperança anterior de cura, que exigia daquele homem algo que ele não podia fazer, a cura manifestada através de Jesus acontece somente pela manifestação do desejo de ser curado (Queres ficar curado?).

Aquela maca na qual aquele homem esteve aprisionado por tantos anos é simplesmente agora um sinal do poder e da misericórdia de Jesus (Levanta-te, toma o teu leito e anda).


Mais tarde, Jesus o achou no templo e lhe disse: Eis que ficaste são; já não peques, para não te acontecer coisa pior. (Jo 5; 14)


Podemos pensar, pior do que 38 anos de enfermidade, aprisionado a uma maca?

Infinitamente pior que isso é ter uma eternidade afastada da presença de Jesus.

 Que o Espírito Santo de Deus desperte os nossos sentidos para reconhecermos a aproximação de Jesus, para recebermos dele a cura e a libertação que precisamos e que nos fortaleça na luta contra o pecado, para não nos apartarmos Dele na eternidade.

 Prof. Luís César

Luís César é Professor de Química e Engenheiro Agrônomo, Coordenador Pedagógico do Ensino Médio do Colégio Salesiano São Gonçalo (Cuiabá-MT), participa do Grupo de Oração Oração João Paulo II-Peregrinos do Amor e junto com a sua esposa Regina Helena é fundador da Comunidade Alma Missionária.
Author

Write A Comment